whatsapp
X
 
Aprenda como ler a etiqueta do pneu para comprar corretamente

Aprenda como ler a etiqueta do pneu para comprar corretamente

Você sabe como ler a etiqueta do pneu nas lojas? Se não, está correndo o risco de comprar a peça errada para o seu carro ou, pelo menos, comprar um pneu que fará com que você gaste mais combustível do que o necessário.

Pois é! Ignorar a etiqueta do pneu pode levar a um maior consumo de combustível além do que você esperava, aumentando os seus gastos com combustível. Por isso, é importante saber como ler a etiqueta do pneu, não é mesmo?

Para aprender como tirar o máximo de informações das etiquetas, basta seguir a leitura do artigo e entender como elas funcionam.

Como ler a etiqueta do pneu antes de fazer a compra?

Para aprender como ler a etiqueta do pneu, é importante saber como se localizar no documento. As etiquetas ficam coladas na peça que está na loja e estão disponíveis para que você dê uma olhada e encontre as informações que mais se interessar.

Ao todo, são 3 caixas com informações na etiqueta, além de símbolos de organizações e agências de segurança.

No topo da etiqueta existem duas caixas verticais com uma caixa horizontal por baixo delas. São essas as partes mais importantes e que você deve ter em mente quando for ler uma etiqueta de pneu. Essas caixas guardam as seguintes informações:

  • Resistência ao rolamento;
  • Aderência no molhado;
  • Ruído externo.

São três métricas de classificação do desempenho do pneu, cada uma com importância maior para um tipo ou padrão de motorista diferente. Por isso, é essencial entender o que cada métrica significa e como comparar os pneus.

O que significa a resistência ao rolamento?

A resistência ao rolamento é um critério de avaliação do pneu que mostra o quão resistente é aquela peça ao se mover. O índice vai de A até G, sendo que A é o pneu com menos resistência (o pneu que gira mais facilmente) e G é o pneu com mais resistência (o pneu que gira com mais dificuldade).

Esse é o elemento mais importante a ser levado em conta quando falamos de economia. Isso porque quanto maior a resistência ao rolamento de um pneu, maior será a força que o motor terá de produzir para mover o carro. Quanto maior a força que o motor terá de produzir, maior será o gasto de combustível.

Pode parecer “insignificante”, mas saiba que um pneu com alta resistência ao rolamento pode aumentar os gastos de combustível em até 20%.

Além do consumo com combustível, o pneu com menor resistência ao rolamento também gerará menos gases poluentes e se desgastará menos.

A resistência ao rolamento é determinada majoritariamente pelo desenho da banda de rodagem do pneu, além dos elementos que são usados em sua composição. 

O ideal, portanto, é que você tente comprar um pneu que tenha avaliação A, B ou no máximo C no quesito resistência ao rolamento. Mais do que isso, você começará a perder dinheiro no consumo com combustível.

O que significa a aderência no molhado?

A aderência no molhado, como o nome diz, é uma métrica que indica a capacidade que aquele pneu tem de aderir a uma superfície molhada. Isso também é determinado pelo desenho da banda de rodagem, além dos compostos que formam a peça.

O índice é classificado de A até G, sendo A o mais aderente possível e G o menos aderente possível. A informação é importante, pois a aderência no molhado tem a ver com a segurança e dirigibilidade do veículo.

Por exemplo, quanto mais aderente no molhado, menor será a distância que o carro percorrerá durante frenagens. Além disso, ele será mais estável em curvas e terá melhor condução em retas, ou seja: permitirá que o carro possa ser dirigido com mais segurança no geral. O ideal, portanto, é comprar um pneu com classificação A, B ou C neste quesito.

O que significa o ruído externo?

Tido por muitos como o mais “desimportante”, o ruído externo é o critério que mostra o quão silencioso é o pneu ao rodar. Por mais que seja negligenciada, essa informação é importante, já que um pneu “barulhento” causa muito incômodo, especialmente para quem anda de carro durante a noite.

Na etiqueta, a informação do ruído é classificada em “ondas”. São 3 ondas no máximo para o pneu mais barulhento e uma onda no mínimo para os mais silenciosos.Vejamos:

  • um pneu de uma onda é aquele que produz menos de 69 dB ao rodar;
  • um pneu de duas ondas produz entre 69 dB e 72 dB ao rodar;
  • um pneu de três ondas é o que produz de 72 dB até 75 dB ao rodar.

Qual o melhor pneu para comprar?

Visto tudo isso, o melhor pneu para comprar é aquele que tem a melhor classificação possível nos três critérios, ou seja:

  • nota A na resistência ao rolamento;
  • nota A na aderência no molhado;
  • 1 onda no ruído externo.

No entanto, nem todos os pneus são assim. Além disso, ainda é preciso ter atenção ao Índice Treadwear, que mede a facilidade com que um pneu se desgasta (e não é a mesma coisa que o TWI).

Como pode ver, existe muita coisa para se levar em conta ao comprar pneus. No entanto, agora que você já sabe como ler a etiqueta do pneu, ficará mais fácil identificar qual a peça ideal para o seu carro.

Gostou do conteúdo? Então curta a nossa página no Facebook e nos siga no Instagram para acompanhar mais dicas de qualidade para o seu veículo!

Desenvolvido por Inside Digital
WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Estreito

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Centro

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade São José

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Palhoça

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Madre Benvenuta

×