whatsapp
X
 
Como funciona e como instalar sensor de estacionamento no carro?

Como funciona e como instalar sensor de estacionamento no carro?

Um dos acessórios automotivos mais populares no mercado atualmente é o sensor de estacionamento. Trata-se de um recurso que ajuda o motorista a estacionar sem cometer erros ou bater em objetos que não consegue enxergar.

Devido a sua grande utilidade, vários automóveis saem de fábrica com o recurso já instalado. No entanto, não são todos os modelos que contam com o benefício. Normalmente, são os carros mais caros que contam com esse acessório já instalado.

Além disso, carros mais antigos (2012 e 2013) não contam com o sensor de estacionamento. Mas será que é possível corrigir essa situação? Será que dá para instalar um sensor no seu automóvel? Para descobrir, siga a leitura.

Como funcionam os sensores de estacionamento?

Para podermos entender se é ou não possível instalar um sensor de estacionamento no carro ou compreender o quão útil ele é, precisamos primeiro saber como esse acessório automotivo funciona.

Na prática, existem três tipos de sensores. Dois deles “sentem” de verdade, enquanto o outro auxilia o motorista a estacionar o carro com recursos visuais. Veja a explicação de cada tipo a seguir.

Sensor de estacionamento ultrassonográfico

Este é o sensor de estacionamento mais comum no mercado hoje em dia. Ele é composto por um kit de pequenos receptores que são instalados no para-choque do automóvel. Eles emitem sinais de som que são imperceptíveis ao ser humano, por isso, nós não percebemos o seu funcionamento.

Esses sinais de som são rebatidos em objetos ao redor e voltam para os receptores. Nesse momento, eles passam a informação para um sistema interno, que informa o motorista da proximidade de objetos. Normalmente, os avisos são sonoros e com intensidade diferente (aqueles famosos “bips” que ouvimos dentro do carro), mas também podem ser visuais.

Uma das vantagens deste sistema é que ele pode ser instalado em qualquer carro, de maneira muito fácil e com um preço muito acessível.

Sensor eletromagnético

O sensor de estacionamento eletromagnético é diferente. O seu funcionamento consiste em emitir sinais eletromagnéticos para objetos, que são rebatidos e retornam aos receptores. Dessa forma, o sinal pode medir a distância dos objetos ao calcular o tempo que leva para que o sinal viaje do carro ao objeto.

Apesar de muito útil, o sensor eletromagnético não é tão acessível. Em primeiro lugar, sua instalação consiste na remoção total do para-choque, já que o acessório é instalado diretamente na estrutura do veículo. Em segundo lugar, ele não funciona com carros que possuem para-choque em metal (como hatches e sedãs), já que o metal interfere no sinal eletromagnético. Portanto, é um sistema mais usado em picapes e SUVs.

Câmera de ré com display

Este é o modelo que não “sente” nenhuma informação, nem eletromagnética e nem sonora. Na verdade, o sistema consiste em câmeras que são instaladas no para-choque do carro e filmam tudo ao redor do veículo, enviando a informação para um display no painel do automóvel.

Com isso, o motorista pode enxergar melhor o que acontece atrás do seu carro para controlar o estacionamento. Além das câmeras de ré e o monitor retrovisor, existem opções de câmera de ré com visão noturna para situações onde há pouca iluminação.

É possível instalar um sensor de estacionamento no carro?

Se o seu veículo não vier com um sensor de estacionamento de fábrica, mas você quer contar com o acessório no seu carro, é possível fazer a instalação desse sistema? Sim, é!

Os três sistemas diferentes citados no artigo podem ser instalados posteriormente, mas com diferentes graus de dificuldade.

O sensor ultrassonográfico pode ser instalado em qualquer carro em questão de pouco tempo, sendo  ele o mais versátil e simples também. Já o eletromagnético não pode ser instalado em veículos com para-choque de metal, como é o caso da maioria dos compactos e dos sedãs do Brasil.

As câmeras, no entanto, podem ser instaladas em todos os carros também, sem grandes dificuldades, embora tecnicamente não sejam sensores.

Como fazer para instalar um sensor em um carro?

O procedimento de instalação de um sensor de estacionamento em um carro não é difícil, mas exige alguma dose de trabalho e dos equipamentos corretos. Por isso, o recomendado é fazer o processo em uma oficina mecânica de confiança.

O ideal é instalar o equipamento no mesmo lugar em que você comprá-lo. Dessa forma, você garante que o serviço será conduzido por profissionais e será bem-feito, sem consequências negativas em nenhum outro sistema do seu carro.

Se você é da região metropolitana de Florianópolis e quer instalar um sensor do tipo no seu veículo, venha conheçar a CasaGrande AutoShopping. Nossas unidades contam com os kits para instalação dos sensores de estacionamento e nossos atendentes fazem o serviço para você.

Nós temos 5 unidades disponíveis:

  • Unidade Estreito: Avenida Max Schramm, 3.325, Florianópolis (SC) (em frente ao Angeloni do Jardim Atlântico);
  • Unidade Madre Benvenuta: Avenida Madre Benvenuta, 1.113, Santa Mônica, Florianópolis (SC);
  • Unidade São José: Rua Pedro Cota de Castro, 9.260, Picadas do Sul, São José(SC) (Marginal BR 101, entre o trevo da Forquilhinhas e o Shopping Continente);
  • Unidade Palhoça: Avenida Atilio Pedro Pagani, 271, Palhoça (SC) (Em frente ao shopping Via Catarina);
  • Nova Unidade Centro: Rua Silva Jardim, 145, Centro – Florianópolis (SC).

Portanto, se você é de Florianópolis ou região e quer um sensor de estacionamento no seu carro, venha nos visitar e conhecer nossos serviços!

Deixe um comentário

Seu comentário será enviado para moderação.

Desenvolvido por Inside Digital
WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Florianópolis

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade BR-101 São José

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Palhoça

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Madre Benvenuta

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Centro

×