whatsapp
X
 
Indicador TWI: o que é, qual sua importância e como usá-lo

Indicador TWI: o que é, qual sua importância e como usá-lo

Uma das dúvidas mais comuns que todo motorista tem é como saber quando chegou a hora de comprar pneus para o seu carro. No entanto, existe uma maneira muito fácil de responder essa pergunta: com o Indicador TWI.

Esse indicador está presente em todos os pneus novos e de boa qualidade à venda em uma loja de pneus. Seguindo as instruções e usando o TWI, não tem como errar e saber o momento certo para trocar os pneus.

Quer saber mais sobre o assunto? Então siga a leitura!

O que é o Indicador TWI?

O Indicador TWI é um recurso presente em todo pneu novo e de qualidade. Ele é uma pequena elevação de borracha localizada dentro dos sulcos da banda de rodagem do pneu.

Sua função é marcar o limite de 1,6 milímetros de profundidade definido por lei como o máximo que um pneu pode ter antes de ser considerado careca. Essa determinação não está na legislação, mas o artigo 4º da Resolução 558/80 do Contran aprofunda o assunto e diz que o pneu não pode andar com sulcos menores que 1,6 milímetros na banda de rodagem.

Por isso, as fabricantes de pneus já colocam as marcas de borracha na altura determinada pela lei para informar visualmente ao motorista que chegou a hora de trocar o jogo de pneus por um novo.

Esse indicador TWI está inserido em várias partes do pneu para que você não estacione “por cima” dele e não consiga enxergá-lo. Para comprovar isso, você pode ir nesse momento até o seu automóvel para verificá-lo, caso queira.

Como usar o indicador TWI?

O uso do indicador TWI é muito simples e não apresenta nenhum mistério. Ele é o limite que determina até onde o desgaste do pneu pode chegar. Diante disso, basta olhar esse indicador regularmente para acompanhar o desgaste e saber quando trocar o pneu.

Caso você entenda que não vale a pena acompanhar o tempo todo a situação, saiba que um pneu médio dura entre 50 mil quilômetros e 60 mil quilômetros de rodagem. Claro que isso não é garantido. Como trata-se de uma estimativa, pode ser que um produto de qualidade inferior rode muito menos, enquanto outro bem cuidado pode rodar mais.

No entanto, essa é uma boa estimativa para ter em mente. Controle a quilometragem rodada e quando começar a se aproximar dos 50 mil quilômetros rodados, comece a verificar o pneu para checar o seu nível de desgaste.

Além disso, lembre-se que o desgaste é individual, assim como o indicador TWI. Por isso, a não ser que você faça um rodízio regular que distribua o desgaste coletivamente, é importante controlar a quilometragem de cada pneu.

Caso sinta que é trabalhoso fazer esse controle, faça uma vistoria no seu carro toda semana para ver se o índice de desgaste está próximo ou não da marca delimitada pelo indicador TWI.

Não controlar o desgaste do pneu do seu carro pode gerar vários problemas para o motorista. O menor deles é uma multa e pontos na carteira.

O Código de Trânsito Brasileiro, estabelecido pela lei nº 9.503/1997, descreve no inciso XVIII do artigo 230 que “conduzir veículo em mau estado de conservação” é uma infração grave. De acordo com o CTB, a punição por isso é 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação, além de uma multa de R$195,23.

Esse é o melhor cenário, claro. O pior é o fato de que o pneu careca é extremamente inseguro, especialmente em ambientes molhados ou dias de chuva. Por esse motivo, rodar com um pneu com sulcos abaixo do determinado pode aumentar as chances de acidente, colocando em risco você e sua família.

Como medir se não encontrar o indicador TWI?

Suponha que por alguma razão, o jogo de pneus que está no seu carro não tenha o indicador TWI ou você não consegue achá-lo. Existe uma maneira de medir o seu desgaste sem ele?

Sim, claro que existe!

Existem dois truques muito simples para medir a profundidade dos sulcos do pneu sem precisar de uma régua (que normalmente não cabe direito nos sulcos por causa do seu tamanho).

O primeiro truque é usar um palito de fósforo. A cabeça do palito tem exatamente 1,6 milímetros e, por isso, pode ser usada como um medidor informal da profundidade dos sulcos do pneu.

O segundo truque é usar uma moeda de 1 real. Atualmente, as moedas desse valor contam com um anel banhado a ouro nas extremidades. Aquele anel tem exatamente 1,6 milímetros, o que permite que você use a moeda como um medidor informal, assim como o palito de fósforo.

Agora que você já conhece o indicador TWI e já sabe como usá-lo, não tem mais desculpas para deixar o pneu do seu carro ficar careca e não comprar um novo para colocar no lugar, não é mesmo?

Se você gostou do conteúdo, compartilhe-o em suas redes sociais e marque aqueles amigos que costumam rodar com o pneu careca por aí!

Deixe um comentário

Seu comentário será enviado para moderação.

Desenvolvido por Inside Digital
WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Florianópolis

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade BR-101 São José

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Palhoça

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Madre Benvenuta

×