Como identificar um pneu remold

Como identificar um pneu remold

Você sabe como identificar um pneu remold? Se não, então precisa aprender para não comprar um produto desses sem querer. Afinal de contas, muitas lojas acabam vendendo produtos remoldados como se fossem novos, o que engana o consumidor. Dessa forma, uma das suas únicas defesas contra a prática é entender como ver que um pneu passou pelo processo de remoldagem.

Muitos consumidores optam por comprar pneus remold achando que estão fazendo um bom negócio do ponto de vista financeiro. No entanto, isso não é verdade. A razão disso é que o pneu remold conta com uma quilometragem muito menor do que a de um pneu normal, mas o seu preço não fica tão abaixo assim. É uma questão matemática: se o pneu tiver 40% menos durabilidade do que um pneu comum, mas for apenas 30% mais barato, matematicamente ele terá um custo por quilômetro maior. Nós explicamos isso com mais detalhe neste artigo.

É fato que os pneus remold não valem a pena. Assim, é essencial saber como identificar um pneu remold para não comprá-lo sem querer. Veja como fazer isso a seguir!

Qual é o processo para fazer pneus remold?

Para saber como identificar um pneu remold, precisamos entender como eles são produzidos. Isso ajuda a perceber quais são os detalhes deixados para trás que indicam a natureza daquele pneu.

Quando um pneu novo é gasto totalmente, com sua banda de rodagem atingindo o limite mínimo de profundidade (1,6mm), ele costuma ser descartado. As empresas que ficam com esse equipamento raspam o restante da borracha da banda de rodagem do pneu.

A partir daí, elas podem recauchutá-lo (que é adicionar uma nova banda de rodagem por cima desse pneu), ou remoldá-lo. O processo de remoldagem envolve adicionar uma nova camada completa de borracha no pneu, cobrindo-o totalmente. É por isso que ele recebe o nome de remoldado, já que é como criar um pneu novo em cima daquela base.

Isso significa que um pneu remold é como um pneu novo? De jeito nenhum. Um pneu remold não tem o mesmo cuidado e a mesma tecnologia que um pneu novo, feito por uma fabricante especializada. Ele não dura o mesmo, não tem os mesmos recursos, não apresenta boa aderência no solo… enfim, o seu desempenho é muito abaixo de um pneu novo.

Como identificar um pneu remold?

Agora que já entendemos como um pneu remold é feito, podemos entender quais são as ações para identificá-lo. 

Normalmente, um pneu remold é mais difícil de notar do que um recauchutado. No caso do recauchutado, basta ver se a banda de rodagem é de uma cor diferente do restante do pneu ou se há claramente uma separação entre banda de rodagem e pneu. Se houver, então é recauchutado, com certeza.

Mas e no caso do remold, que toda a capa de borracha do pneu é refeita? Veja algumas dicas abaixo!

1. Selo do fabricante

Todo pneu precisa ter o selo com o logo ou nome do fabricante na lateral. Basta dar uma olhada na hora de comprar para saber quem fez aquele modelo. Se não houver um nome ou o logo do fabricante (como Pirelli, Bridgestone ou Michelin, por exemplo) ou se houver um nome de uma empresa que não faz pneus, então é um remold.

2. Etiqueta de venda

Na hora de comprar o pneu na loja, peça para ver a etiqueta que está nele. Ela deve ser daquele formato novo, com bordas azuis e informações sobre o desempenho do pneu.

Se ele não tiver a etiqueta, então é sinal de que o pneu não foi produzido por uma fabricante oficial, mas é sim um modelo remold, que não foi avaliado pelo Inmetro e não tem dados de performance.

3. Preço

Caso um lojista queira oferecer um pneu por um preço bem abaixo do mercado, estranhe. Ninguém vende um modelo oficial, de uma boa fabricante, por um preço muito reduzido, se não houver nada de errado com ele.

É claro que existem marcas cujos pneus são mais baratos do que o normal, como a Nexen, a Ling Long e a Formula. No entanto, mesmo elas praticam um preço razoável. Se for muito abaixo do que isso, então é um sinal de alerta.

5. DOT

Por fim, tenha em mente que todo pneu tem um código na sua lateral chamado de DOT. Esse código indica qual foi a semana e o ano daquele modelo. Por exemplo, o código pode ser 4721. Nesse caso, ele foi produzido na 47ª semana de 2021.

Pneus remolds não adicionam essa informação, já que sua produção não segue os padrões típicos da indústria.

Pronto! Agora que você já sabe como identificar um pneu remold, já pode colocar essas dicas em prática na hora de comprar um novo jogo de pneus para o seu carro. Lembre-se de que os modelos remodelados até são permitidos para uso, mas não entregam a mesma qualidade e nem compensam financeiramente. Já os pneus recauchutados nem podem ser utilizados, pois não são seguros.

E aí, gostou do conteúdo? Se você quer comprar pneus com segurança, entre em contato com o nosso time agora mesmo!

Desenvolvido por Inside Digital
ATENDIMENTO
(48) 3240 4900
WHATSAPP
(48) 3380 7900
E-MAIL
clique aqui
ORÇAMENTO RÁPIDO