whatsapp
X
 
Como funciona a suspensão e a manutenção preventiva?

Como funciona a suspensão e a manutenção preventiva?

A suspensão garante a estabilidade do automóvel. A mola absorve o impacto, diminuindo a carga sobre as demais peças. Porém é preciso realizar avaliações periodicamente para evitar acidentes.

Para ajudá-lo(a) a identificar possíveis problemas, vamos explicar o funcionamento da suspensão e a importância da manutenção preventiva.

Como funciona a suspensão?

A suspensão é formada por diversos componentes que acabam se desgastando com o passar do tempo. Depois que você compreende o funcionamento, fica mais fácil deduzir quais são os possíveis problemas.

Função da mola

Praticamente todo o impacto que o carro sofre ao viajar em uma pista com avarias, acaba sendo colocado nas molas. Quando um carro começa a fazer muito barulho e apresenta uma certa instabilidade, há grandes chances de que as molas estejam desgastadas.

Funcionamento do pivô de suspensão

O pivô irá auxiliar o movimento da coluna de suspensão, assim o braço terá um ângulo maior para poder atuar.

Barra estabilizadora e amortecimento

A barra é responsável por interligar as colunas de suspensão. Ela é fixada na carroceria, desta forma, o veículo consegue manter a estabilidade da carroceria. Se você perceber que a carroceria treme ou faz algum tipo de barulho ao dirigir o carro, é sinal que a barra estabilizadora está danificada.

A falha nos amortecedores também provoca a instabilidade do automóvel, e devido ao fato de estarem diretamente ligadas às rodas, aceleram o desgaste dos pneus.

Tipos de suspensão de carros

As suspensões podem ser separadas em 2 grupos: suspensão dependente e suspensão independente.

Suspensão dependente (com eixo rígido)

As  rodas de ambos os lados estão ligadas no mesmo eixo, desta forma o movimento de cada roda acaba impactando no desenvolvimento das demais.

Este tipo de suspensão é mais comum em caminhões e veículos de grande porte.

Suspensão independente

Estas suspensões são mais comuns nos carros 4×4, onde as rodas atuam de forma independente. Este tipo de suspensão é ideal para terrenos acidentados, onde há irregularidades no piso.

Com a força do motor, o carro não terá problemas em transpassar os obstáculos.

É importante que você leve em consideração o tipo de aplicação que dará ao seu veículo. Ter um carro com suspensão independente, apenas para passear aos finais de semana, não parece ser uma escolha viável.

Para quem gosta de viajar, não necessariamente para regiões com lama, mas para locais onde não há pistas asfaltadas, este tipo de suspensão pode ser um grande benefício.  

Quais cuidados adotar com a suspensão do carro?

Realizar manutenções preventivas, evitam problemas maiores com o seu veículo. Durante a utilização, você deve evitar:

 

  • Efetuar movimentos bruscos com o carro. Passar sobre buracos ou lombadas em alta velocidade irá danificar as suspensões rapidamente;

 

Cuidado com o excesso de peso. Embora o automóvel facilite o transporte de materiais pesados, colocar uma carga muito alta, pode diminuir o tempo de vida das suas suspensões;

 

  • Distribua o peso de forma proporcional, principalmente durante as viagens, assim não fica tudo concentrado no porta-malas;

  • Verifique o estado dos pneus, pois se eles estiverem “carecas”, além de aumentar as chances de provocar acidentes, acabam aumentando o impacto sobre a suspensão e amortecedores.

Adotando estas medidas de conservação, você não terá problemas com a suspensão do seu carro.

Como realizar a manutenção preventiva?

A manutenção preventiva funciona como um “check up” para o seu carro, buscando identificar possíveis problemas e corrigi-los, antes que eles se agravem.

Alguns itens devem ser verificados conforme a quantidade de quilômetros que o veículo já tenha rodado. Como por exemplo:

 

  • filtro de combustível: deve ser trocado após 20 mil km;
  • correia dentada: entre 40 a 100 mil km;
  • limpeza do ar condicionado: deve ser realizada a cada 12 meses, porém, caso você perceba algum mau cheiro, é melhor executar a limpeza;
  • fluido de freio: deve ser trocado a cada 6 meses ou 1 ano – varia conforme o uso e qualidade do produto.

 

É bom esclarecer que estas são algumas das medidas que você pode adotar, porém ao trazer o seu carro até o nosso Auto Shopping, é possível realizar diversos serviços como: o alinhamento 3D, pintura ou a manutenção preventiva.

A vantagem de entregar seu carro para uma equipe especializada, é que você terá um diagnóstico mais assertivo, e não ficará gastando dinheiro com soluções pouco eficientes.

Nossos equipamentos realizam uma avaliação minuciosa. No caso da geometria 3D, o próprio sistema realiza os ajustes, o que garante rapidez e assertividade no alinhamento.

Garanta a tranquilidade durante as suas viagens

Todas os cuidados que citamos neste artigo contribuem para que você tenha uma viagem mais tranquila. Seja a ida ao trabalho ou uma viagem com a família, manter o seu carro em boas condições evita que você passe por situações estressantes.

Você tem cuidado bem do seu automóvel? Já realizou a manutenção preventiva este ano? Então entre em contato conosco, agende uma avaliação e garanta boas viagens!

Deixe um comentário

Seu comentário será enviado para moderação.

Desenvolvido por Inside Digital
×