whatsapp
X
 
Manutenção de câmbio automático: como fazer?

Manutenção de câmbio automático: como fazer?

Se você comprou um automóvel moderno e tecnológico recentemente, provavelmente vai precisar aprender como fazer a manutenção de câmbio automático. Afinal, essa versão do câmbio tem se popularizado cada vez mais.

No entanto, por ser um sistema bem diferente do câmbio tradicional, o automático exige certos cuidados específicos por parte do motorista. 

Isso significa, portanto, que se você não está acostumado com ele, pode acabar cometendo erros sérios que vão prejudicar a manutenção do câmbio automático.

Quer saber como cuidar bem do câmbio do seu carro? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Faça a troca de fluido na manutenção de câmbio automático

Qualquer especialista em câmbios automáticos vai dizer que um dos aspectos mais importantes da manutenção desse tipo de sistema de embreagem é a troca de fluido. Isso porque o câmbio automático, como um todo, depende muito que o seu fluido esteja em ordem.

De acordo com os principais especialistas no assunto, a troca dos fluidos do câmbio automático deve ser feita, no máximo, a cada 30.000 quilômetros para os fluidos minerais e a cada 50.000 quilômetros para fluidos sintéticos.

No entanto, esse é o prazo “máximo”. Na verdade, pode ser necessário fazer a troca muito antes. Isso vai depender mais da cor do fluido. Quando ele apresenta uma coloração mais escura, é sinal de que ele já foi completamente contaminado e já não oferece ganhos para o sistema.

Nessa hora, o motorista começará a notar uma baixa no rendimento da embreagem, inclusive com algumas trepidações ao andar ou nas trocas de marcha.

O risco de não trocar o fluido nesse caso é ver o sistema inteiro colapsar. Se não estiver com um fluido adequado, o câmbio pode parar de funcionar, uma vez que ele roda em altas temperaturas. O calor por muito tempo, sem o apoio do fluido, pode causar danos sérios ao sistema.

Tenha atenção à troca de água do radiador

Como a gente disse antes, o sistema de câmbio automático funciona sob alta temperatura. Isso significa, portanto, que ele necessita de resfriamento constante.

Normalmente, os automóveis com o sistema utilizam a água do radiador, que já tem a função de refrigerar o motor, para refrigerar também o câmbio.

Portanto, um passo importante na manutenção de câmbio automático é trocar a água do radiador com frequência para evitar que ela falte dentro do sistema de refrigeração.

Esse é um hábito que os motoristas devem aprender, uma vez que o câmbio manual não atua dessa forma. Por isso, não havia a necessidade de trocar a água do radiador por causa do câmbio, mas sim por causa do motor.

Tenha uma condução adequada para o carro com o câmbio automático

Uma das características do câmbio automático é que ele se adapta à maneira como o carro é conduzido. Portanto, quanto mais estável e controlada for a sua direção, menos ele será sobrecarregado.

No entanto, se você acelerar com frequência e tirar o pé depois ou fazer outras ações que criam instabilidade na direção do veículo, você forçará a transmissão a trabalhar em alta temperatura.

O resultado disso é que não importa quanto resfriamento tenha, o sistema sofrerá danos e perderá vida útil.

De acordo com alguns especialistas, a vida útil de um câmbio automático pode ultrapassar os 200 mil quilômetros. Se você andar a média nacional de 20 mil quilômetros por ano, isso significa 10 anos sem precisar trocar nada do câmbio.

No entanto, existem câmbios que chegam a 30 mil quilômetros já com defeito por causa do estilo de direção do motorista.

Tenha atenção a alertas do carro para levá-lo a uma oficina

O câmbio automático é uma tecnologia ainda relativamente nova no mercado. Por exemplo, se você tirou a sua carta de motorista em 1995, provavelmente dirigiu a maior parte da sua vida sem um desses câmbios.

Por isso, é importante que você fique atento a todos os sinais que o sistema der para poder entender se há ou não alguma coisa errada com ele.

O ideal é que o carro ande de maneira suave, sem engasgos ou trepidações, além de ter uma resposta instantânea, sem muitas demoras. Caso você note uma mudança nesse cenário, precisa levar o carro até uma oficina mecânica imediatamente.

É normal que os motoristas acabem se “acostumando” com os barulhos do carro. No entanto, no câmbio automático, isso pode ter uma consequência séria pois o sistema pode acumular danos rapidamente

No geral, o cuidado de manutenção de câmbio automático consiste em analisar com atenção as características do sistema e se adaptar a elas. Afinal, essa tecnologia é nova e é normal não saber como ela funciona de primeira.

Entretanto, lembre-se de que o que funciona para o câmbio manual necessariamente não vai funcionar igual com o câmbio automático. Por isso, levará um tempo até que você se acostume com o novo cenário.

Enquanto isso não acontece, não hesite em procurar uma oficina mecânica para contar com a ajuda para a manutenção de câmbio automático.

Para isso, venha até a Casa Grande Auto Shopping e saiba como podemos ajudar a cuidar do seu carro!

Desenvolvido por Inside Digital
WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Estreito

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Centro

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade São José

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Palhoça

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Madre Benvenuta

WhatsApp chat

Entre em contato com a Unidade Campeche

×