whatsapp
X
 
Lâmpadas Automotivas: tudo o que você precisa saber

Lâmpadas Automotivas: tudo o que você precisa saber

Fundamentais para qualquer tipo de automóvel, as lâmpadas automotivas possuem algumas exigências importantes na hora da compra.

Devido  ao surgimento de diferentes tipos de lâmpadas, é preciso entender o que diz a lei sobre este assunto, além das questões técnicas a respeito das lâmpadas automotivas.

Neste artigo iremos explicar quais são as lâmpadas permitidas e quais cuidados você precisa tomar. Confira!

O que diz a lei sobre a utilização das lâmpadas

Antes de qualquer coisa é válido ressaltar que a legislação brasileira influencia sim, quando o assunto são lâmpadas automotivas.

Isso porque, infelizmente, existem alguns tipos que acabam atrapalhando a visão de quem está dirigindo na direção contrária. Para evitar acidentes, elas se tornaram proibidas por lei.

Mas quais lâmpadas automotivas são proibidas? O que é preciso saber para não comprá-las por acidente?

Para facilitar a compreensão, respondemos às perguntas mais comuns dos usuários, nos fóruns automotivos. Veja!

Posso utilizar a luz Xenon?

A luz é produzida por meio da descarga elétrica do gás xenônio, por isso o nome “Xenon”.

Apesar do seu benefício quando o assunto é aumentar a visibilidade, as lâmpadas automotivas Xenon já foram motivos de grandes discussões e hoje são proibidas por lei no Brasil.

Por isso, você não deve instalar este tipo de lâmpada em seu carro.

A única  permissão nesse sentido é se o veículo que possui luz Xenon já saiu assim de fábrica. Caso contrário, é proibido o seu uso.

Para que esse tipo de iluminação não atrapalhe os demais condutores, os faróis do carro devem ser projetados de uma maneira específica para essa finalidade. Razão pela qual a lei permite apenas aqueles que foram projetados para esta finalidade.

Mas, afinal, que parte da legislação prevê restrições para a lâmpada automotiva de Xenon?

Para começar, a Resolução Contran:292/2008 foi a responsável por permitir a regularização da luz Xenon por meio da emissão de um Certificado de Segurança Veicular (CSV).

No entanto, a Resolução 384, também do Contran, a qual foi publicada em 2011, atualizou a antiga e acabou proibindo o uso de lâmpadas automotivas Xenon.

Por este motivo, apenas automóveis que possuam a lâmpada de Xenon  de fábrica podem circular pelas ruas.

Para quem for autuado com a lâmpada deverá pagar uma multa de R$-200,00, por ser uma multa grave, e ainda receberá 5 pontos na carteira de habilitação. O código que prevê essa multa é o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Luz super branca é proibida por lei?

Outra grande dúvida entre muitos motoristas é sobre a luz “super branca”. Será que ela é permitida por lei ou é melhor evitá-la? Neste caso, desde que a lâmpada automotiva esteja regularizada pelo Inmetro, ela está liberada.

Uma de suas grandes vantagens está no fato de melhorar a visibilidade do condutor e não atrapalhar os demais motoristas.

Porém é preciso cuidado ao adquirir a lâmpada, pois algumas podem ter sido fabricadas de forma ilegal, o que pode prejudicá-lo. Verifique se há o selo do Inmetro.

Outra questão importante é que a instalação precisa ser feita conforme os padrões estabelecidos pelo órgão.

Caso contrário, todo o seu investimento será em vão. Afinal, de acordo com a Resolução nº 294 de 2008, todas as lâmpadas devem ser instaladas segundo o manual de cada veículo.

Lâmpadas de led

Por fim, mas não menos importante, estão as lâmpadas de led.

Assim como a luz super branca, a lâmpada de led também é permitida. Entretanto, se o carro não veio de fábrica com esse tipo de lâmpada automotiva, é preciso consultar um profissional especializado para efetuar a troca.

Além disso, esse tipo de lâmpada deve atender a normas do Inmetro e todas as definições de luminosidade que estão previstas nas Resoluções 292 e 277 do Contran.

A luz de led, além de ajudar na visibilidade, também possui uma duração muito maior do que os outros tipos de lâmpadas automotivas.

 

Lâmpadas do freio queimam mais rápido porque são mais fracas?

A última coisa que você precisa entender sobre as lâmpadas automotivas é que não é verdade que as lâmpadas do freio queimam mais rápido porque são mais fracas. Isso é um grande mito!

Na verdade, as lâmpadas de freio queimam mais rápido pelo simples motivo de serem as mais utilizadas no veículo.

Afinal, toda vez que você encosta o pé no pedal de freio, essa luz já ascende automaticamente, certo? Sendo assim, esse é o  motivo pelo qual ela acaba tendo uma vida útil menor do que as outras.

Conclusão

Por fim, lembre-se de todas essas questões discutidas neste artigo na hora de trocar as lâmpadas automotivas, correto? Só assim você conseguirá evitar ao máximo ter problemas no futuro.

Você também pode consultar todos os nossos serviços, feitos especialmente para o seu carro.

Ficou com dúvidas a respeito? Então deixe-as nos comentários, que nossa equipe estará pronta para ajudá-lo!

Deixe um comentário

Seu comentário será enviado para moderação.

Desenvolvido por Inside Digital
×